PERSONAL TRAINER DA SAÚDE, AO SEU LADO, SEMPRE!

Personal Trainer da Saúde

PT DA SAÚDE

FUNÇÕES:

1. Sujeito a sigilo e confidencialidade profissional.

2. Ponto de referência da pessoa e família e/ou cuidador com o sistema.

3. Realizado por um profissional de saúde (Membro da associação) (Ex: médico ou enfermeiro).

4. Não substitui nunca o papel do SNS.

5. Acompanhar de forma personalizada o processo clínico da pessoa e as condições socio-económicas complexas ao longo de um 'continuum' de cuidados diários.

6. Ser uma presença mais próxima e personalizada da pessoa doente.

7. Avaliação da necessidade de recorrer aos cuidados hospitalares.

8. Assumir o processo de referenciação, fazendo a sua ligação aos cuidados de saúde primários e hospitalares.

9. Coordenar em regime de ambulatório os cuidados de saúde, garantindo a sua continuidade.

10. Assegurar a adesão terapêutica.

11. Promover o auto cuidado do doente, capacitando-o para uma gestão autónoma da sua doença.

12. Melhorar Promover a articulação e comunicação entre os vários agentes de saúde: cuidados de saúde primários (Centros de saúde; USF), hospitais; meios auxiliares de diagnóstico e terapêuticos e restante comunidade.

13. Quando necessário encaminhar as situações para os técnicos da área social.

14. Proactivo e baseado na comunidade, tendo como pilar a coordenação entre os cuidados de saúde hospitalares e os Cuidados de Saúde Primários e assenta numa equipa multidisciplinar, (constituída por médicos de Medicina Interna, médicos; Médicos de Família, Enfermeiros, Assistentes Sociais e outros profissionais.)

15. Entidade que trabalha integrada na equipa multidisciplinar que avalia o doente e a família no seu todo, nomeadamente as necessidades de saúde, socioeconómicas e, em conjunto com o pessoa doente e a sua família, estabelece um plano individual de cuidados.

16. Ensina de forma personalizada à pessoa e cuidador a identificarem os sinais de alerta da descompensação das suas doenças, a cumprir a medicação e a ter comportamentos saudáveis.

17. Tem ainda um papel determinante na monitorização dos doentes no domicílio, orientando atempadamente o doente para um nível de cuidados que necessita a cada momento. Tem ao seu dispor (a cada momento), equipamento que permite esta vigilância ativa, com recurso a novas tecnologias digitais e à telemonitorização. (no futuro!!!) Substituir por: Pode em situações especificas necessitar de monitorização à distancia/com possibilidade de pedido de ajuda.

18. Desenvolve, junto do doente/família, atitudes que envolvem a prevenção da doença e a promoção da saúde, através de estratégias de educação para a saúde, visando a minimização da dependência para as atividades de vida diária que decorrem da situação de doença vivenciada por cada indivíduo.

19. No caso dos doentes crónicos complexos, com dependências físicas e socio-familiares que exigem uma permanente atenção do PT da saúde, tem o objectivo de conseguir os melhores resultados clínicos, com os menores custos possíveis.

20. Informar a pessoa e envolvê-los ativamente no seu plano de cuidados.

ALGO SIMPLES E TRANSPARENTE, ACESSÍVEL AO SEGUNDO PARA QUALQUER DOENTE E MÉDICO DA EQUIPA

A caderneta de cuidados

Documento personalizado e confidencial do conhecimento do PT DA SAÚDE e da EQUIPA DA SAÚDE.

DEVE CONSTAR:

1. Identificação da pessoa.

2. Identificação do cuidador.

3. Médico de família/Enf. Família.

4. Unidade de saúde onde está integrado.

5. Anamnese.

6. Terapêutica.

7. Plano de saúde.

8. Registos das visitas.

9. Avaliação.

10. …….

Serviços a oferecer - EQUIPA MULTIDISCIPLINAR

1.Serviço Apoio Domiciliário

Esta é uma resposta social que consta de uma assistência individualizada na habitação da pessoa de forma a satisfazer as suas necessidades básicas e de vivência no dia-a-dia, nas situações em que as não consiga providenciar, por razões de doença, deficiência ou outras limitações.

São propósitos deste serviço, a melhoria da qualidade de vida das pessoas e famílias, acautelando situações de dependência e fomentando a autonomia, através do apoio da pessoa e suas famílias em colaboração com os prestadores de cuidados de saúde.

1.1 Serviço de Higiene e conforto pessoal

1. Acompanhamento na higiene pessoal.

2. Higiene pessoal na cama.

3. Higiene do espaço e objectos pessoais.

4. Apoio no levante e deitar.

5. Apoio no posicionamento.

1.2 Serviços de Saúde (no domicilio e na clínica)

1. Atribuição de um “Cuidador da saúde” a cada pessoa.

2. Consultas médicas: Especialidades médicas; Especialidades não médicas

3. Enfermagem.

4. Fisioterapia.

5.  Terapias: Cinesioterapia Respiratória, Acupunctura, Mesoterapia homeopática, Massagem de relaxamento, Ginástica anti-stress, Pilates Clínico, Correcções posturais, Terapia respiratória, Exercícios anti-envelhecimento, Outras terapias complementares.

6.  Terapia da fala.

7.Terapia ocupacional.

8- Análises clínicas - Exames médicos.

9. Apoio pós-internamento médico/cirurgico a seguir a alta hospitalar e integração utente em casa e na comunidade e apoio na recuperação e convalescença.

10. Apoio na área da saúde: Administração de medicamentação oral e retal, Muda de pensos, Exercícios de reabilitação funcional com incidência nas atividades de vida diária, colaborando desta forma na sua autonomia; Vigilância geral (pele, boca, pés, nutrição etc.), etc.

1.3 Alimentação

1. Apoio de Nutricionista (análise e recolha de dados para elaborar um plano de aconselhamento nutricional individual, com explicação de como confeccionar os alimentos, tendo subjacente o plano alimentar da família).

2. Ensino da preparação das refeições adaptadas à dieta de cada um:

2.1. Preparação da refeição.

2.2. Preparação dos objectos da refeição: Higiene e desinfecção

1.4 Serviços de Acompanhamento

1. Apoio na mobilidade.

2. Pequenas deslocações.

3. Compras.

4. Pagamentos.

5. Correspondência.

6. Encomendas.

7. Consultas médicas.

8.Transporte eventual.

9. Acompanhamento a eventos: Desportivos, Espiritual e/ou Religiosos, Culturais e Intelectuais, Lúdico-recreativo, Turismo Sénior, Atividades na comunidade local e familiar.

1.5 Dinâmica Pessoal/ Estimulação cognitiva

1. Jogos.

2. Leitura.

3. Biografia pessoal.

4. Atividade física adaptada.

5. Estimulação cognitiva e intelectual/ terapia ocupacional / animação sócio cultural.

6. Atelier de informática.

7. Atelier de escrita .

8. Atelier de artes: desenho, pintura, escultura, trabalhos manuais,...

9.  Dança, Teatro, Música, Canto,...

10. Etc.

1.6 Acompanhamento na Doença Crónica avançada por uma Equipa Multidisciplinar Adaptada

1. Presença de técnicos especializados: na agonia e morte; acompanhamento de familiares.

2. Acompanhamento em período de férias.

3. Apoio na recuperação e convalescença.

4. Apoio especial a doentes de Demencia/ Oncológicos.

1.7 Consulta de Podologia

1- Prevenção, diagnostico e tratamento de lesões e patologias; alterações dos pés e as suas repercussões.

2. A avaliação pormenorizada de cada pé periodicamente.

3. Avaliação e tratamento do pé diabético.

1.8 Estética

1. Cabeleireiro/ barbeiro (no domicílio, deslocação ao Cabeleireiro/ barbeiro).

2. Maquilhagem.

3. Tratamentos de beleza.

1.9 Adaptação do domicilio

1.Pequenas reparações.

4. Apoio social

- Apoio para recurso aos direitos sociais, como por ex: "COMPLEMENTO SOCIAL PARA IDOSOS"

5. Apoio jurídico e fiscal

1.  Ajuda na resolução de problemas jurídicos e fiscais.

6. Realização de eventos de formação

1. Formações para as pessoas na área da saúde e dos cuidadores.

2. Formações técnicas sobre manuseamento de equipamentos de saúde.

3. Outras formações complementares a profissões da área de atuação da Salutem.

4. Palestras, seminários e Workshops em diferentes áreas de interesse cultural e de desenvoltura e inovação para a área de atuação da Salutem.

 

7. Biblioteca

1. Sessões de leitura individual e em grupo.

2. Desenvolvimento de uma ficha de leitura - aprendizagem.

3 . Aplicação da oratória, discurso e apresentação de um tema de forma individual ou em grupo.

4. Requisição de livros.